Temer diz que tem conversado sobre candidatura única “das forças governistas” e vê desejo de continuidade

O presidente Michel Temer disse nesta segunda-feira que conversou com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, do PSDB, sobre a possibilidade de uma “candidatura única das forças governistas”, voltou a admitir que pode não ser candidato se houver um consenso de que o melhor nome desse campo seria outro, mas avaliou que há um desejo de continuidade.

“O presidente Fernando Henrique me procurou em casa na terça-feira, no feriado, eu estava em São Paulo. Tivemos uma longa conversa a respeito de uma candidatura única das forças governistas, e até, não quero dar palpite, em relação às demais candidaturas”, disse Temer em entrevista à rádio CBN.

Além de Fernando Henrique, Temer disse ter conversado com o presidente da Câmara e pré-candidato do DEM à Presidência, Rodrigo Maia, com o ex-ministro Henrique Meirelles (MDB) e “outros tantos” sobre a necessidade dessa candidatura única.

“Se nós conseguirmos encontrar uma única candidatura, isso é útil para o país, naturalmente é útil para as forças governistas, seja quem for”, disse.

“Eu posso vir a ser (candidato), mas não tenho a menor dúvida em abrir mão se num dado momento as correntes todas disserem: a melhor figura para enfrentar essa eleição é fulano”, completou Temer.

(Com informações da Reuters)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *