Sobe para 59 o número de mortes causadas por H1N1 no Ceará

Segundo o boletim semanal expedido pela Secretaria da Saúde do Estado (Sesa), o Ceará registrou 59 mortes em decorrência do vírus H1N1. Outras oito mortes também são investigadas.

Em 2018, até o fim de maio, foram 372 casos confirmados de Influenza. Fortaleza é a cidade com o maior número de casos e óbitos em decorrência do vírus: 554 casos foram notificados, 238 confirmados e 26 pessoas morreram.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *