Cid Gomes costura bloco de oposição no Senado

O senador cearense eleito pelo PDT, Cid Gomes, está articulando grupo de oposição ao futuro governo do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL), sem a participação do Partido dos Trabalhadores. O movimento possui a chancela de Ciro Gomes, seu irmão, que ficou em terceiro lugar na corrida presidencial deste ano.

Em entrevista a Rádio Gaúcha realizada ontem, 31, Cid reforçou suas críticas ao PT e declarou: “O PT tem é que botar o rabo entre as pernas. Pedir desculpa. Pedir perdão ao povo brasileiro. Isso, se quiser continuar partido e não como uma seita.”

No início da campanha de segundo turno de Fernando Haddad (PT) à Presidência da República, durante ato politico em favor do petista realizado em Fortaleza, Cid cobrou que a sigla fizesse mea culpa e pedisse desculpas pelos erros cometidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *