ALECE POPUP
Prefeitura de Russas Topo
Desenvolviment...

IAT formaliza acordo de cooperação técnica com órgão ambiental de Santa Catarina

Na primeira etapa, finalizada na sexta-feira (07), equipes do IAT passaram por treinamentos específicos para o uso de drones na gestão ambiental. ...

11/06/2024 13h04
Por: Kennedy Linhares
Fonte: Secom Paraná
Foto: IMA/SC
Foto: IMA/SC

O Instituto Água e Terra (IAT) e o Instituto de Meio Ambiente de Santa Catarina (IMA) formalizaram um Acordo de Cooperação Técnica que visa a o treinamento e a capacitação de profissionais dos dois órgãos ambientais. O principal objetivo é identificar temas de interesse mútuo e promover a troca de conhecimento, potencializando as operações de ambas as instituições na conservação e preservação do meio ambiente.

Na primeira etapa, finalizada na sexta-feira (07), equipes do IAT passaram por treinamentos específicos para o uso de drones na gestão ambiental. Já os técnicos do IMA receberam aulas para a utilização de ferramentas de monitoramento e qualidade do ar.

Gerente de Monitoramento e Fiscalização do IAT, Álvaro Cesar de Goes destacou a importância da parceria com o estado vizinho. “Esse acordo demonstra a relevância de os órgãos ambientais do Paraná e de Santa Catarina trabalharem conjuntamente. Fortalece pontos de interesse comum entre as instituições e aprimora a proteção do meio ambiente”, afirmou. “Novas demandas poderão ser incorporadas conforme as necessidades tanto do IAT e do IMA”, acrescentou.

O curso de drones ocorreu no Parque Municipal Passaúna, em Curitiba, e contou com atividades teóricas e práticas. Os participantes tiveram a oportunidade de operar os aparelhos, executar manobras avançadas para monitoramento ambiental, capturar imagens e vídeos de alta resolução, obter distâncias precisas sobre imagens georreferenciadas e medir áreas e volumes. Essas são técnicas essenciais para a elaboração de pareceres técnicos tanto na fiscalização quanto no monitoramento ambiental em todo o Paraná.

“A realização de capacitações com o uso de tecnologias inovadoras, como foi o caso do curso de uso de drones, é uma ferramenta essencial para que os técnicos façam suas tarefas em menor tempo, com maior precisão e com menos riscos, proporcionando ao IAT a capacidade de responder mais rapidamente às demandas da população”, ressaltou o engenheiro florestal do IAT, Adilson Wandembruck, um dos alunos do curso que foi habilitado para pilotar drones.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias